sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Minha dieta

Peço desculpas aos dois seguidores de meu blog, além das centenas de pessoas que digitam "porra" no google atrás de websites pornográficos e aqui vêm parar, pelo longo silêncio. O problema, vocês bem sabem, é que tenho mais que fazer.
De qualquer forma, uma azia alucinada me motivou a escrever este post, talvez como uma espécie de mea culpa em relação a meu trato digestório. Ele decerto não é culpado por partilhar espaço, neste mundão de meu deus, com um cérebro danificado como o meu, que mete todo o resto deste aglomerado de órgãos e tecidos numa rotina furada que só pode ter por destino a campa. Mas, sem mais delongas, aí vai a dieta dos campeões:
  1. 05h30: um copo de água à temperatura ambiente;
  2. das 10h00 às 12h20: cerca de 600 ml de café, acompanhados ou não de biscoito maizena de sabe lá deus quando;
  3. 12h55: dois salgados comprados na birosca da escola, acompanhados de um guaraná "natural" (note que tais aspas não estão aqui a troco de nada), consumidos no breve caminho que me leva do pátio à sala de aula;
  4. 18h48: quatro choquitos comprados no sinal da Marechal Fontenelle, em Campinho, todos consumidos no espaço de mais ou menos cinco minutos;
  5. 19h10: os farelos de biscoito que o pequeno Sr. T. deixou em sua lancheira;
  6. 23h00: um hambúrguer de microondas, acompanhado de batatas fritas e refrigerante sem gás, em companhia da Dona Patroa;
  7. 23h50: a Dona Patroa.
Depois de analisar demoradamente minha dieta, cheguei à conclusão de que a coisa mais saudável que venho comendo é a Srª. minha mulher.

Um comentário:

Su disse...

Caraca! Sua escola não tem almoço legal não? Melhoras!